Prefeitura discute implantação do programa Agente Jovem Ambiental

A Prefeitura de Maranguape recebeu a visita técnica do articulador regional do programa Agente Jovem Ambiental – AJA e do programa Auxílio Catador, Ronyere Barbosa. Na ocasião, foram explicitados o status e as fases de implementação dos 2 projetos, bem como foi alinhado sobre como se dará a parceria entre município e Estado na execução dos mesmos.

O AJA é um programa coordenado e financiado pelo governo do Estado que garante uma bolsa de R$ 200,00 para jovens que estejam em situação de vulnerabilidade social, em troca da execução de projetos e ações socioambientais. Atualmente, 42 maranguapenses foram contemplados e já estão recebendo o recurso e participando da capacitação ambiental. A meta é preencher 108 vagas no município. Para isso, em breve, um novo edital será lançado.

O Programa Auxílio Catador também é coordenador e financiado pelo Estado. Nesse caso, catadores e catadoras, devidamente cadastrados e associados, recebem um auxílio financeiro como forma de Pagamento por Serviços Ambientais prestados. Em Maranguape, 62 catadores/as foram contemplados com o projeto.

Estiveram presentes, representando a prefeitura de Maranguape, o vice-prefeito de Maranguape, Gurgel Neto, juntamente com a assessora de assuntos institucionais, Isla Márcia, o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo, Marquinhos Silva, e a equipe técnica da SEMURB.



52 Comentários

Deixe um comentário